sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Falta de pontaria

Na minha condição de ser do sexo masculino, compreendo meus semelhantes que, ao urinar, não conseguem acertar todas as gotas dentro do recipiente sanitário. Elas têm de fato vida própria, loucas para escalar a borda do vaso urináculo.

Alguns retardados, no entanto, exageram. Extremamente desagradável deparar-se com a porra toda mijada, da tampa do vaso ao teto.

Ao me confrontar hoje com uma destas manifestações de xixi-Parkinson, lembrei-me de um célebre poema de cabine:

Por que mijas fora
Se no entanto cagas dentro?
Ou tu tens o pinto torto
Ou o cu fora do centro.

(autor desconhecido)

2 comentários:

  1. "A última gota será sempre da cueca, pequeno gafanhoto." Confúcio

    ResponderExcluir
  2. André está numa fase banheiro de sua vida e reflexões...

    ResponderExcluir